Tiger | Campanha Maio 2017

Olá 🙂

A Tiger já tem os produtos para a sua campanha de Maio prontos para entrarem nas lojas e eu não podia estar mais excited para vos vir mostrar. Tendo em conta uma visão geral dos artigos, este mês optaram por trazer mais um bocadinho de Primavera para as lojas, bem como vários jogos para se divertirem, artigos de desporto para não terem desculpas agora neste bom tempo e coisas para piquenique. Para além disso, ainda incluíram uma ou outra coisa para viagens, para os nossos amigos patudostecnologia e mais.

Escolhi alguns artigos par vos mostrar hoje e podem encontrá-los (estes e os restantes) nas lojas Tyger a partir de amanhã (26 de Maio).

 Não preciso de dizer mais uma vez que a Tiger é uma das minhas lojas favoritas, pois não? É fácil entender porquê 😉 Quem mais está comigo?

Outfits | Spring Has Sprung 🌸

Está claro que a Primavera chegou para ficar e, apesar de ainda haver dias em que ela deixa dúvidas, vamos torcer para que ela se decida e traga os dias de calor porque os “dias grandes” já temos 😉

Hoje, decidi trazer-vos um post rápido e simples com alguns outfits mais fresquinhos para esta altura que vos podem dar novas ideias 🙂 Sim, já sabem que as peças que escolho são, normalmente, de lojas físicas (algumas de onde também podem encomendar online) e tentei tornar a maioria dos preços simpáticos. No entanto, escolhi [UM] um outfit mais fresquinho, simples e mais baratinho e [DOIS] outro um pouco mais caro e para dias que não tragam tanto calor, mas ainda assim um pouco mais arrojado. Vamos lá ver com o que me saí agora 🙂

[As imagens não são da minha autoria e basta irem aos links para acederem à fonte]

♦ UM ♦

  1. Macacão • Primark • aqui 8€
  2. Sandálias • Pull&Bearaqui • 19.99€
  3. Óculos • H&M • aqui • 7.99€
  4. Bolsa • Bershka • aqui • 9.99€                                  Total: 45.97€

 

♦ DOIS ♦

 

  1. Blusa • Bershka • aqui 15.99€ 
  2. Calças • Pull&Bearaqui • 19.99€
  3. Colar • H&M • aqui • 7.99€
  4. Botins • Stradivarius • aqui • 29.95€                                  Total: 73.92€

Qual escolhiam? 🙂

Primark & Primavera 🌷 Mais 6 Coisas que Valem a Pena Comprar Lá

Olá 🙂

Já sabem que adoro a Primark e as coisas que lá podemos encontrar a preços bem simpáticos, por isso, esta tinha que ser a loja de algum mês de certeza! Nada melhor do que escrever, então, o post sobre a Primark na altura da Primavera para vos mostrar as coisinhas que por lá andam para colorir e/ou decorar os nossos dias. Já tinha feito um post sobre algumas coisas que valem a pena comprar nesta loja e as que vos mostro hoje não são exceção.

[Nenhuma das imagens é da minha autoria e para acederem à fonte basta clicar nos links abaixo]

Primark spring1. 2.50€| 2. 3€| 3. 7€| 4. 12€ | 5. 3€| 6. 8€

1. Canecas: Eu a-d-o-r-o canecas e confesso que já tenho demais, mas na Primark tem sempre tantas bonitas e tão baratinhas que fica difícil de resistir. Para além disso, vão sempre tendo designs novos e de acordo com as estações e afins, o que torna a coisa mais difícil. São,  também, uma ótima prenda para oferecerem com algumas coisinhas dentro.

2. Acessórios: Bijuteria é algo que lá não falta de todas as cores e feitios e, mais uma vez, vendem conjuntos ou individuais a preços chamativos. Para quem não gosta de gastar muito dinheiro em acessórios é o lugar ideal e tem sempre artigos em promoção (1/2€), o que ajuda ainda mais. Não, não são artigos de ouro, mas fazem bem o serviço.

3. Tops: Confesso que nunca encontro grande coisa de roupa na Primark ou porque não me serve/não tem o meu tamanho ou porque não gosto de nada demais na secção de criança. Não sou nada fã das calças lá, acho que têm cortes que não assentam bem [falo por mim], mas parte de cima já me agradam e tenho a certeza que a vocês também. Variedade não é um problema e se procurarem bem encontram artigos bem giros!

4. Artigos de praia: Para auxiliar as idas à praia há sempre uma coisinha ou outra à espreita por lá. Quer sejam toalhas, malas, bikinis, calções/vestidos de praia lá é um bom sítio para procurar. Para além disso, são coisas simples e em que não precisamos de investir demais, certo?

5. Capas: Principalmente, para iphone, é certo, mas as capas na Primark são sempre fofinhas e, normalmente, mais baratas do que o que costumamos ver à venda em lojas físicas. Para uma prenda, seja para nós próprias ou uma/um amiga/o, é sempre uma boa alternativa. Caso queriam ver mais capas também fiz dois artigos por aqui: para iphone e para “não iphone”.

6. Artigos de cozinha para festa: Não estou tanto a falar de pratos e afins, mas sim de alguns artigos de cozinha que também acabam por fazer uma boa decoração ao mesmo tempo que são úteis, já para não falar que são bons helpers para festas. Dou-vos acima o exemplo deste doseador para bebidas, mas encontram também tacinhas para gelados, por exemplo, bem engraçadas.

Alguém aí que não goste nada da Primark? Acho que é complicado 😉

Review • Máscaras de Argilas Puras L’oréal 💁

Olá 🙂

Desculpem pelo desaparecimento, mas, às vezes, é preciso fazer uma pausa e desacelerar um bocado, já para não falar que a semana anterior foi um autêntico caos. No entanto, estou de volta com mais um post para vocês e vou tentar ir postando por aqui de novo e regularmente  🙂

Hoje, venho falar-vos sobre as Máscaras de Argilas Puras da L’oréal. Não sei se foram a tempo, mas a marca esteve algum tempo a oferecer amostras destas novas máscaras e eu aproveitei para as experimentar. Embora já as tenha recebido há muito tempo e até já as tenha experimentado [aliás, tenho-as na cara neste preciso momento outra vez ;D] só agora consegui trazer-vos uma review. Já venho tarde? Já, mas pelo menos ficam a saber a minha opinião 🙂

As três máscaras:

  1. Purificante: antibrilho – Pele normal a mista
  2. Exfoliante: minimiza os poros – Todos os tipos de peles
  3. Iluminadora: ilumina a tez – Pele normal, tez baça

mascaras loreal

◊ Preço: 9.99€, cada máscara de 50 ml [Continente, aqui]

◊ Aplicação: Como é normal em máscaras faciais, devemos aplicar uma camada de máscara com o rosto bem limpo, evitando o contorno dos olhos. Deixar atuar por 10 minutos, passar por água morna e aplicar um creme. É aconselhado o uso todas as semanas, 2 a 3 vezes por semana.

◊ A minha experiência:

Um dos objetivos do lançamento destas máscaras era utilizá-las em conjunto de acordo com a sua função, entrando aqui o conceito de multimasking. Recebi duas das três máscaras existentes [a purificante e a iluminadora] que vieram com um guia sobre a sua função, tipo de pele a que se adequam e aplicação de acordo com o tipo de pele. Cada amostra tem 7ml, mas como fiz mutimasking acabaram por dar para mais do que uma utilização.

mascaras argilas puras

Como sugerido para pele oleosa, apliquei a máscara purificante na testa e bochechas e, como não tinha a outra máscara, fiz batota e apliquei a iluminadora no nariz e queixo. Esta última cria uma camada bem uniforme apenas com um bocadinho de produto, o que é ótimo! A anterior não é tanto assim, mas não lhe fica muito atrás. Ao longo dos 10 minutos de atuação, o produto vai secando rápido quase que “repuxando” a pele e deixando-nos quase imóveis, o que foi algo que não apreciei tanto porque não é uma sensação assim tão boa caso o objetivo seja relaxar [sim, eu sei que é uma máscara de argila e que este resultado já era um pouco esperado].

Depois de retirar com água morna e uma esponjinha, sentimos a pele mesmo suave e livre de impurezas. Como acontece com outras máscaras, a oleosidade é absorvida e fica ausente por algum tempo após a limpeza, mas, como sempre vos digo, não é de esperar que fiquemos sem ela do nada. A hidratação é mantida, no entanto, não vos posso falar de resultados a longo prazo, claro, como por exemplo, a pele ficar mais matificada.

◊ Comprava de novo? Para ser sincera não sei. É uma boa máscara? Sim é e não se arrependem de usar porque deixa a pele fresca e limpa. Se quisesse “investir” num produto deste tipo voltava a comprá-la, no entanto, há também outras máscaras por aí  um pouco mais baratas e que vos dariam o mesmo efeito e mais conforto, por isso, é algo que fica ao vosso gosto 🙂

Fiquei um bocado dividida com esta máscara. Se já experimentaram, qual é a vossa opinião? 🙂

Exercício físico | 4 Coisas que estás a fazer Mal! 🏋️

Olá 🙂

Como sabem gosto de fazer exercício e tenho a certeza que há muita gente desse lado no mesmo barco que eu 😉 De acordo com os meus “objetivos” e à medida que fui pesquisando e sabendo mais do assunto [não, não sou nenhuma pró], apercebi-me de alguns erros que fazia e que, no geral, normalmente, fazemos e nem nos apercebemos. Com certeza que há mais coisas que andamos a fazer errado, mas, hoje, decidi salientar apenas algumas mais comuns e que talvez vos ajudem.

1. Respirar

Bem, acho que é claro que não deixamos de respirar ao fazer exercício, mas, por vezes, não respiramos de acordo com o exercício que estamos a fazer. Acabamos por ficar tão concentradas/os que não deixamos o corpo acompanhar o exercício com a respiração, o que cria um desequilíbrio no nosso corpo e nos provoca tonturas. Sim, é daqui que provavelmente vêm essas tonturas 😉

2. Posição

Ao contrário do que possa parecer e, muitas vezes, vemos fazer, não é só ver um vídeo, imitar e o exercício está feito. Muitas das dores que podem sentir depois de fazerem desporto podem dever-se a uma má postura! Devemos tentar corrigir a nossa postura, não só para que o exercício em si seja eficaz e atue no sítio certo, mas também para não nos magoarmos. Um exemplo simples: squats – não é simplesmente um agachamento; devemos, por exemplo, ter em atenção a posição das nossas costas e pescoço, até que posição vão os nossos joelhos e onde estão a concentrar a maior parte do peso no pé. Um bocadinho mais complexo do que parece, não é? 😉

Se não estão a sentir o exercício na zona que deviam, talvez devam pesquisar e analisar a vossa postura. Não se esqueçam que depois cada um se adapta de acordo com o seu corpo.

3. Concentrar o exercício na zona a treinar

 Em seguimento com o ponto anterior, este também é muito importante. Várias vezes fazia exercício para os glúteos e sentia-os nas minhas pernas, o que, se pensarem bem, não pode estar muito certo. Sim, o exercício em si acaba por também trabalhar as pernas, mas não devia doer mais no glúteo? Sim! E se não acontece é porque talvez estejam a fazer algo errado, como eu estava.

É importante concentrarmos o exercício no músculo/zona que estamos a querer trabalhar e isso também tem muito a ver com postura. Mais uma vez, encontrem a posição certa e adaptem-na de acordo com o que funciona melhor para vocês e o vosso corpo. [Sim, funciona!]

4. Squeeze your butt

Um bocadinho mais focada em exercício para glúteos vem esta dica: mais uma vez, uma coisa tão simples e importante que acaba esquecido – contrair os glúteos durante o exercício (na altura apropriada, claro) para ativar o músculo!

Têm feito alguma asneira destas? 😉 Não se esqueçam também de beber muita água para compensar as perdas durante o exercício físico!

Capas para Telemóvel que Não são para iphone! 📱

Olá 🙂

Tal como prometido, hoje, trago-vos algumas capas que não são para iphone! [Post com capas para iphone aqui] A maior parte das capas que vemos disponíveis nas lojas e que têm grande variedade de padrões e estilos são para iphone, o que torna a coisa mais chata para quem quer encontrar uma capa assim para o seu telemóvel. No entanto, só temos que saber procurar melhor e acreditem que acabam por encontrar! Por vezes, as capas não têm preços assim tão acessíveis, por isso, o meu conselho é que pesquisem online em sites como o Ebay: é de onde mando vir as minhas capas e tenho ficado sempre satisfeita.

[Nenhuma das fotografias é da minha autoria, fonte nos links abaixo]

Para saber mais sobre loja e preço basta passarem o rato sobre as imagens 🙂

1 • Samsung Galaxy 6 | 2 • Iphone e Samsung | 3 • Huawei P9 Lite | 4 • Samsung Galaxy 7 |   5 •  Samsung e HTC | 6 • Sony Xperia

Deixo-vos sugestões de capas para diferentes telemóveis e onde tem o nome da marca na legenda significa que ao abrirem encontram a capa para outros modelos de telemóvel ou até outras capas. Para além disso, têm também uma bolsinha onde podem levar o telemóvel, cartões e dinheiro que dá sempre jeito para uma saída rápida 😉

Guia Completo para Vender no Olx! 🛒

Já várias vezes referi aqui que a venda de coisas que já não queiram e que estão em bom estado pelo Olx é uma ótima alternativa, tendo milhentas vantagens, incluindo ganhar dinheiro extra, não deitar as coisas fora ou acumulá-las em casa e não as colocar numa pilha para doação que vai acabar por nunca ser entregue. Se costumam visitar o blog podem ver que há aqui um seguimento com posts anteriores: fazer um declutter ao armário e à maquilhagem e produtos de beleza. Em ambos estes posts dou-vos a dica de venderem algumas das coisas que já não precisam pelo Olx. Como muita gente me pergunta como faço, se é difícil, se é pago (…) e afins, decidi juntar alguns passos e dicas num guia para venderem as vossas coisas online 🙂

1. Escolher os artigos: Primeiro de tudo, saber e escolher o que temos para vender. Com certeza que já têm algumas coisas em mente, mas o melhor mesmo é darem uma arrumadela pelas vossas coisas e juntarem tudo o que querem vender. Dou-vos dicas para o fazerem nos dois posts de que falei acima.

2. Fotografias: Convém que os vossos anúncios tenham fotografias dos produtos, claro, e não precisam de ser profissionais. Basta arranjarem um sítio com boa luz onde possam expor bem as peças/produtos e, visto que hoje em dia a maior parte dos telemóveis tem boas câmaras, podem perfeitamente usar a câmara do telemóvel. Estas devem representar ao máximo o que querem vender e os seus detalhes, por isso, devem tirar, pelo menos, fotografia às partes da frente e trás da peça/produto, etiqueta/marca e a algum defeito que tenha, bem como ao padrão, se for o caso. Claro que dependendo do produto, há coisas diferentes a mostrar.

3. Criar conta no Olx: É muito simples: têm que colocar algumas informações vossas, incluindo email, nome e localização. Tentem escolher um email que costumem visitar com frequência porque é nele que irão receber notificações de mensagens/interessados ou da expiração dos anúncios. Para além disso, não podem ter mais do que uma conta [ou, pelo menos, associada ao mesmo email].

4. Criar anúncio: Depois de entrarem na vossa conta, basta clicar em “Anunciar e Vender” para aceder à página onde vão criar o anúncio em questão. Têm de preencher:

  1. Título: Curto e sugestivo de preferência, com nome do que estão a vender, tamanho (se for o caso) e marca. Podem também colocar “Novo” se o produto o for ou se já tem portes incluídos.
  2. Categoria: o Olx tem várias onde se podem enquadrar as vossas vendas. De acordo com a categoria escolhida, vai dar-vos opções de coisas para preencher (Tamanho, marca, tipo), incluindo [sempre] o preço.
  3. Descrição: Que não seja muito longa e que tenha toda a informação possível do produto (preço, se inclui portes, tamanho, marca, defeito, marcas de uso, se é novo ou não, se está estragado). Sejam o mais sinceras/os possível!
  4. Imagens: as que vos falei acima.
  5. Dados de contacto do anunciante: Localização, nome, email e número de telemóvel. Este último apenas preenchem se quiserem.

vender olx

Depois de pronto, clicam em “Seguinte” e vai aparecer-vos uma página que vos dá a possibilidade de pagarem para o vosso anúncio estar mais tempo em destaque/nas primeiras páginas, de forma a ter mais visibilidade. Caso não queiram, basta clicar em cancelar e o vosso anúncio vai ser publicado sem que tenham de pagar nada!

5. Manutenção: Depois de terem tudo à venda, o Olx vai notificar-vos caso alguém vos envie uma mensagem em relação a algum artigo vosso e podem falar com a pessoa através de um sistema de mensagem que podem ver na vossa conta. Para além disso, os anúncios ficam cerca de um mês online (se não me engano) e, ao fim desse tempo, têm que os renovar para serem de novo visíveis, caso contrário vão expirar. Isto faz-se de forma muito simples: qualquer anúncio próximo da data de expirar vai ter um sinal azul “Prolongar” abaixo do seu nome onde devem clicar [também recebem notificações por email].

6. Pagamento: Podem resolver este assunto da forma que vos der mais jeito ou que considerarem melhor. No meu caso e o que aconselho, é que recebam o pagamento antes do envio para terem garantia de que não vão ser burladas/os. Claro que a pessoa que está a comprar também tem medo de correr esse risco, mas uma vez que somos nós a vender os nossos artigos temos de criar as nossas regras. Em relação a métodos de pagamento, o mais fácil e comum é a transferência bancária (basta darem o vosso nib e ver quando o dinheiro cai na vossa conta), mas também podem usar o Paypal, por exemplo.

7. Envio: A entrega em mãos é sempre uma opção, mas é algo em que têm de ter cuidado, pois não sabem quem está do outro lado. Em alternativa [e o que aconselho mesmo!], o mais fácil é o envio via ctt: basta pesarem os artigos a enviar e, de acordo com o peso, verem o preço dos portes. Os ctt oferecem vários tipos de envio com diferentes tempos de entrega e preços que podem consultar aqui. Os correios normal e azul são muito usados: a entrega é até 3 dias úteis e 1 dia útil, respetivamente, e os preços são os mais baixos e não dependem da zona de Portugal para onde vão enviar. Por correio registado fica um pouco mais caro, mas têm um código que vos permite seguir a encomenda de forma a não haver extravio. De qualquer forma, nos dois primeiros de que falei, se algo ocorrer, normalmente, a encomenda volta para vossa casa.

7.1. Como “embalar”: Simples! Não precisam de nenhum package fancy. Se têm envelopes onde caiba o que querem enviar, ótimo; caso contrário, no caso de roupas e afins, basta colocarem numa saca de plástico (por exemplo, daquelas das lojas), fecharem bem com fita-cola e colar dois papéis com as moradas (um com o “De” e outro com “Para”).

Bem, um post demasiado longo, mas onde vos explico tudinho. Podem ver o meu Olx aqui. Qualquer dúvida que não tenha cobrido no post é só comentarem 🙂 Já usam o Olx?