Ideias de Presentes de Natal + Melhor Dica para Comprar Bons Presentes 🎁

Olá! 🙂

Se vos falta comprar alguns presentes e não sabem bem o que comprar ou não vão ter muito tempo para o fazer venho dar-vos uma mãozinha. A melhor dica que vos posso dar para comprarem um bom presente e evitarem desperdícios é simples, mas nem sempre está na nossa cabeça:

 > Comprem algo que sabem que a pessoa vai gostar e usar! Algo útil e, ainda melhor, algo que a pessoa esteja a precisar. <

Eu sei que parece óbvio, mas a verdade é que, por vezes, o que queremos é despachar a coisa e acabamos que por “comprar por comprar”, para poder riscar da lista. E sim, compramos algo que a pessoa gosta ou até algo engraçado, mas a pessoa vai usar? A pessoa já tem ou precisa? É útil? Vai usar no dia-a-dia? Dá para comer? Porque eu posso gostar de alguma coisa, mas simplesmente não ser alguma coisa a que vá dar uso ou porque simplesmente não me é assim tão útil ou porque não é o meu estilo Also, assim estamos a poupar ao desperdício: quer o item vá para o lixo ou fique pousado em casa está a contribuir para o desperdício.

A utilidade que as prendas têm depende sempre da pessoa a quem vão dar, mas vejam aqui algumas ideias 🙂

*fontes das fotografias nos links abaixo*

• Para alguém interessado por sustentabilidade e reduzir o plástico: Saco de pano Tyger 4€ aqui

• Para a vossa amiga com uma lancheira velha ou que vai começar agora a levar comida para o trabalho/universidade: Lancheira Parfois 19.99€ aqui

• Para alguém que vá mudar de casa ou o tenha feito muito recentemente: Frascos de especiarias Espaço Casa 19.95€ 13.95€ aqui

• Para alguém guloso – encher uma caneca com doces, bolachas ou ingredientes para fazer um bolo: Caneca Primark 6€ aqui

• Para aquela pessoa que vai ao ginásio/correr e reclama sempre do incómodo que é ter que usar fones com cabo: Auriculares wireless Worten 29.99€ aqui

• Para alguém que já quer começar a tratar do seu próprio jardim há muito tempo, mas nunca começou: Kit de ferramentas para jardim Leroy 35.79€ aqui

• Para alguém que se começou a interessar mais por acessórios : Brincos Stone by Stone 9.90€ 8.91€ aqui

• Para alguém com uma vida corrida, um trabalho pesado ou muitos filhos a chatear em casa : massagem individual ou de casal

Pensem duas vezes antes de dar algum presente ou antes de comprarem presentes para a família toda. Há necessidade disso tudo? Estão a comprar por obrigação? Porque se estão ou se estão a comprar na onda do “levo isto, depois ela troca” “ao menos não pode dizer que não lhe dei nada” só para ter algo que oferecer diria que a melhor opção é mesmo não comprarem. Prefiram oferecer à pessoa o vosso tempo do que bens materiais 🙂

However, escusado será dizer que tudo o que é de comer é bem vindo, certo?

Como Organizava o Estudo no Secundário 📖

Olá 🙂

Já por várias vezes vos falei de como me organizo na universidade (material, preparar e organizar o estudo), mas nunca vos falei sobre a forma como estudava no secundário e é possível que, muitos de vocês, estejam nessa fase e precisem de uma mãozinha, caso a forma como estudam não esteja a ser a mais eficaz. Funcionava comigo e se estão a precisar de mudar a vossa rotina porque algo não está a correr bem podem tentar adaptar as dicas que vos dou hoje.

77fc08253ea661f5eea2c341d3ebc180
fonte

⋅ Material ⋅

Para cada disciplina, para além dos livros, tinha um caderno de argolas – tão simples assim [excluindo disciplinas tipo educação física ou visual que têm material específico]. O material de escrita era o mesmo que uso na faculdade, mas em maior número porque a pessoa tinha canetas de todas as cores possíveis  À parte tinha ainda folhas soltas para fazer os resumos.

⋅ Como me organizava? 

1 Calendário: dá muito jeito terem um calendário no sítio onde estudam/têm o material de estudo para apontarem os testes e não andarem perdidos. Apontem os testes no início do caderno e no calendário [têm um exemplo aqui].

2 Aulas: digam o que disserem se estão atentos nas aulas vão sempre acabar por poupar tempo em casa – se eu percebo como resolver equações na aula não preciso de chegar a casa e perder 1h a aprendê-las na net ou pedir ajuda a Deus, easy. Além disso, se não percebem não perdem nada em perguntar logo no momento – mesmo que não o queiram fazer em frente a todos, vão no fim falar com o professor ou até um colega que tenha percebido. Não deixem arrastar!

3 Apontamentos: não, não vos estou a dizer que precisam de escrever tudo o que a prof diz, no way! [têm tempo para fazer isso na faculdade, snif] Analisaram um problema em português? Escrevam ao lado o significado. Não perceberam como se resolve aquele tipo de equação à primeira? Escrevam a explicação da prof ao lado e sempre que se esquecerem têm lá. A prof disse que isto é importante ou sai sempre uma pergunta sobre isto no teste? Apontem! Coisas simples assim, mas que vão fazendo a diferença ao longo do ano.

4 Trabalhos de/em casa: no básico ainda os têm e devem fazê-los por razões óbvias – sejam espertos e entendam que é mais um passo a caminho de menos uns minutos a pedir ajuda a Deus quando forem estudar para o teste   No secundário, não é assim tão linear – começam a precisar de ser mais autónomos. Um exemplo: lembro-me que trabalhos de casa não tinha muitos, mas em Físico-química a prof dava um conjuntos bíblia de exercícios sobre a matéria para treinar para exame/testes. Sejam finos e, à medida que vão dando a matéria, vão fazendo os exercícios – quando chegarem ao teste/exame já treinaram muito e podem rever a resolução dos exercícios. O mesmo se aplica a outras disciplinas.

5 Resumos: ao contrário do que acontece agora na faculdade devido ao volume de matéria, na escola sempre fiz resumos e é uma ajuda imensa! X tempo antes do teste ou à medida que ia dando matéria [já não me lembro bem, mas a 2ª opção é melhor!] ia fazendo os resumos do que ia dando. Não só ajuda a relembrar a matéria, como quando forem estudar para o teste em vez de terem 40 páginas do livro têm meia dúzia de páginas de resumo e isso, mentalmente, também é um incentivo.

Não precisam de ser perfeitos ou o melhor, muito menos de deixar de fazer a vossa vida para se matarem a estudar [não se esqueçam que saúde física e mental também é importante!], mas podem beneficiar bastante ao introduzir este tipo de coisas na vossa rotina. Eu sempre tive tempo para tudo e lá me ia organizando assim – you go folks! 😉

Desenrasca-te #12 | Em vez do champô seco 💁‍♀️

Não, este não é um daqueles posts em que a pessoa foi pesquisar hacks ao Pinterest e decidiu partilhar porque achou interessante. Eu testei mesmo e funcionou! 

Se não quiserem estar constantemente a comprar champô seco, se não têm fácil acesso a uma loja que os venda, se simplesmente precisam de alguma coisa para desenrascar … usem pó de talco!

po_talco

Há meses, o meu champô seco acabou e fui-me esquecendo de comprar. A necessidade falou mais alto e experimentei a tal dica do pó de talco – e não é que fui funcionou mesmo? E bem! Acaba por ser uma alternativa barata e mais amiga do ambiente que ajuda à mesma a absorver o bocadinho de oleosidade que nos está a incomodar. Tal como o champô seco, não faz milagres, mas ajuda. Utilizei o da imagem porque era o que tinha por casa, mas conseguem encontrar vários diferentes pelos supermercados e afins.

Update: fiquei a saber que o pó de talco pode ser tóxico para o nosso couro cabeludo. Apesar de nunca ter tido nenhum problema, uso pouco e com pouca frequência, do it at your own risk 🙂

Já experimentaram? 🙂

O que Evitar para ser Produtiva/o 🕐

beProductiveNotBusy
fonte

1 Estabelecer objetivos não realistas: fazer uma To Do List pode dar bastante jeito e ajudar a organizar melhor as vossas tarefas ao longo do dia, no entanto, devem colocar lá objetivos realistas. Ou seja, não vamos escrever 15 coisas para fazer quando, na realidade, apenas temos tempo para 8. Isto pode levar não só a aumentar a vossa ansiedade, como a acabarem por não fazer bem certas tarefas só porque querem terminar outras.

2 Beber bebidas energéticas: um cafézinho pode ajudar a ficarmos mais tempo acordados ou dar-nos um boost de energia, mas não é a melhor escolha quando é um cafézinho a cada hora ou uma coca-cola ou um Redbull. Estas bebidas acabam por nos dar uma sensação de “energia falsa” que nos vai deixar, depois, ainda com menos energia do que no início. Assim, tentem optar por bebidas refrescantes para vos manter acordadas/os, sumos de fruta para dar energia ou chás, por exemplo.

3 Comer demasiado açúcar: acaba por ter o mesmo efeito das bebidas energéticas. O açúcar cria um pico espontâneo e rápido de energia no nosso corpo, mas que acaba por ter um efeito pouco duradouro e nos leva de novo para a molenguice pouco tempo depois, o que não é a situação ideal quando queremos ser produtivos. No entanto, não esquecer que se o corpo está a pedir um cubinho de chocolate ou umas barrinhas de kitkat não há mal nenhum em metê-las cá dentro. Não vamos ser extremistas!

4 Fazer várias coisas ao mesmo tempo: Simples – fazendo várias coisas ao mesmo tempo faz com que não nos concentremos em nenhuma em particular. Resultado = algumas das tarefas não são bem feitas e outras nem sequer acabadas, culminando numa sensação de insucesso. Uma coisa de cada vez kids! 😉

5 Deixar tudo desarrumado: se tudo à nossa volta está desarrumado, o nosso cérebro sente-se quase que desarrumado também, dando-nos uma sensação de que nada vai conseguir ser bem feito e acabando por nos trazer um bocadinho de ansiedade. Experimentem colocar cada coisa no seu sítio e vão ver que se sentem mais calmas/os e aptas/os para começarem  a trabalhar descansadas/os.

6 Estar constantemente no telemóvel/computador: uma bela distração! O típico “são só 5mins”, muitas vezes, acaba em 50 porque uma notícia leva à outra e nós queremos estar a par de tudo, não é? Há tempo para tudo e não é assim tão difícil, só é preciso determinação: façam pausas de x minutos para descansar e aí podem estar no telemóvel, mas dediquem o restante tempo só a cumprir determinada tarefa. Podem utilizar a técnica Pomodoro que aconselha a dividir o vosso tempo de trabalho em períodos de 25 minutos dedicados a trabalhar intercalados com intervalos breves para descansar.

Qual a vossa maior dica para a produtividade? 🙂

Desenrasca-te #11 | Truque para Beber mais Água durante a altura de Aulas/Exames 💦

Olá 🙂

Escrevo-vos mesmo do meio dessa confusão que estão a ver – exato, época de exames por aqui e esta veio em cheio! 😀

beber_mais_agua

Já aqui tinha feito um post com dicas para tentarem beber mais água ao longo do dia [aqui], mas mais uma nunca é demais e tenho a certeza que aí desse lado agradecem 😉 Tanto na altura de aulas, como na época de exames, no meio de tanta coisa para fazer é fácil esquecermo-nos de viver beber água e quando damos por ela só bebemos aquele copinho ao almoço [confesso que deste lado não é um problema porque quanto mais há, mais vai ]. Bem, deixo-vos, então, dois truques para não ficarem a desidratar o dia todo ↓ ↓

Na altura de aulas: em cada aula têm que beber um gole de água. Seja logo quando tiram as coisas da mala para não se esquecerem ou até antes de sair, mas em cada aula têm que beber.

Na época de exames: a cada powerpoint que lêem têm que beber um gole de água … ou a cada pergunta/exame que respondem … ou a cada folha que escrevem.. Arranjem-se  Criem o vosso critério de bebida de acordo com o trabalho que têm a fazer 🙂

Não são truques milagrosos? Não são, não, mas se os cumprirem ajudam um bocadinho 😉

Quanta água bebem por dia? 🙂

Desenrasca-te #10 | Solução para pele seca 💁

Olá! 🙂

O tempo frio não só traz a chuva dos últimos dias, como também ajuda a ficarmos com a pele mais seca. Pessoalmente, não tenho grandes problemas com isso, no entanto, este tempo faz-me ficar com os lábios mais secos, o que me traz muito cieiro e, em consequência, a pele fica seca à volta dos lábios. Claro, a primeira coisa em que pensariam seria colocar batom hidratante ou creme, certo? Certo! E não é que estejam erradas/os porque de facto ajuda, maaas…

oleo_coco
fonte

 

Aqui deste lado usa-se óleo de coco e é bastante eficiente! Muito hidratante e, ao contrário do que se pensa, não torna a pele mais oleosa 🙂 Dou-vos aqui o exemplo de utilizar nos lábios e/ou na pele circundante quando fica mais seca, nas cutículas e nas sobrancelhas e buço que podem ficar afetadas com a depilação + frio. No entanto, também funciona muito bem se colocarem no corpo como fazem com o creme hidratante normal: absorve rápido e não ficam todas pegajosas, don’t wory! Só não se esqueçam que para usar no corpo convém ser óleo de coco biológico, virgem e prensado a frio 😉

Não vos digo para comprarem o óleo só para este propósito porque ele não é propriamente barato, mas se o tiverem por aí, porque não experimentar?;)  Já alguém usa?

Presentes para o Amigo Secreto por menos de 5€ 🎅

Sim, a altura das luzinhas nas árvores e ambiente harmonioso chegou e eu não podia estar mais excited! Admitam, por mais que não gostem do natal esta época tenta pôr toda a gente na rua feliz com decorações e afins 😉 Com ela vem também a época dos jantares e trocas de prendas e é para isso que cá estou hoje: 7 sugestões de prendas simples para levarem para o vosso amigo serceto sem gastar muito ↓

Confesso que o que estava a planear para este post trazia-vos sugestões bem melhores e mais diversificadas, mas como a Tiger e Ale Hop ou já não têm os produtos no site ou não têm o respetivo preço a minha tarefa ficou complicada. De qualquer forma, aqui têm algumas sugestões e não se esqueçam: se estiverem à procura de uma prenda para o amigo secreto procurem na Tiger e Ale Hop – dou-vos 100% de certeza que encontram 😉

amigoSecreto

[fonte das imagens nos respetivos sites das lojas mencionadas]

Vão ter algum jantar com amigo secreto? 🙂

“Sou viciada em maquilhagem, e agora?” 💄 |10 Passos para Destralhar e Mudar!

Olá 🙂

Já vi em vários sítios online várias pessoas a falaram do seu vício por maquilhagem/cosmética à procura de ajuda e dicas para destralharem e começarem a deixar esse vício, nada saudável [para a mente e para a carteira], de lado. Será fácil de entender que, a menos que faça parte da nossa profissão [ou semelhante], ninguém precisa de tanta maquilhagem assim, certo? 🙂 [Atenção, ter muita maquilhagem não é o problema, a questão aqui é chegar ao ponto do vício da compra!] Sem muita demora, se têm este bichinho a chatear-vos, deixo abaixo um conjunto de passos para vos dar uma mãozinha 🙂

makeup addiction tips (1)

Picture adapted from here. Read the article folks

0 Pegar em 4 caixas ou reservar espaço para 4 pilhas de produtos no chão

  1. Guardar
  2. Lixo
  3. Produtos novos/nunca usados
  4. Vender/doar

 

 

1 Tirar tudo dos armários!

Primeiro passo e muito importante para vos dar uma noção da quantidade de produtos que têm. Tiram tudo o que têm dos armários e colocam num espaço só – quer seja em cima da cama ou no chão, lembrem-se de colocar um lençol velho [ou semelhante] por cima para não sujar.

2 Pôr de parte produtos de uso diário ou regular

Com certeza que têm produtos que usam com muita regularidade ou mesmo diariamente, esses sim são aqueles que devem colocar logo de parte para manter, pois dão-lhes realmente uso. Apesar de estarem de parte, dividam-nos por categoria também. Não vale exagerar, são mesmo só os que usam muito!

3 Separar os restantes por categoria

Os restantes produtos separam por categoria [base, batons, eyeliner, máscaras,..] para começarem a ter uma melhor visão do que vos resta e também para vos ajudar nos próximos passos.

4 Verificar o que está acabado ou velho/fora de validade → Lixo ✘

Primeiro comecem por ver se têm produtos mesmo mesmo a acabar ou acabados que ainda andavam pelo armário – esses podem ir logo para a caixa do lixo. Nos restantes, ver a validade, indicada pelos icons da imagem abaixo – no meu ponto de vista, isto não quer dizer que se têm um produto com validade de 12 meses = 1 ano e o têm há 1.5/2 anos devem deitá-lo fora. Devem mesmo focar-se nos produtos que têm há anos [!!] e que continuam guardados – afinal, se os usassem assim tanto já tinham acabado. Para além disso, não se esqueçam que esses produtos vos podem causar alergias se estiverem estragados.

validade-cosméticos

fonte

5 Produtos novos e não usados → Caixa

Produtos novos que nunca usaram, selados ou não, vão para a caixa respetiva e vamos voltar a eles no fim.

6 Lidar com os restantes produtos

Agora vem a parte difícil – com todas as fases anteriores já fizemos um longo caminho, mas ainda nos restam produtos: os usados, meio usados-meio por usar. Aqui é uma questão de comparar o que sobra com o que já têm [aqueles que colocaram de parte, pois usam diariamente]. Aqui estão alguns exemplos:

  1. Se têm um determinado tipo de produto quase a acabar vão precisar de outro entretanto, logo, devem guardar, pelo menos um [máximo 2!], como back up [guardar].
  2. Se usam diferente tom de base no Inverno e no Verão devem guardar os respetivos produtos.
  3. Têm 5 batons de tons muito semelhantes, mas marcas diferentes – basta escolher o que mais gostam. O mesmo com as cores de sombras nas paletas – guardam apenas a/as que contêm os tons que mais usam e que vão dar para todo o tipo de ocasiões.

Assim sucessivamente, dividindo os produtos entre a caixa de vender/doar e guardar.

7 Limpar e Organizar

Aconselho a que primeiro passem um pano molhado por todos os produtos que são para guardar e armários. Depois, sim, podem passar a colocá-los de novo no sítio bem organizados: produtos mais usados à frente e novos/quase cheios atrás, de forma a os irem usando e acabando por esta ordem. Têm algumas dicas de recipientes de organização aqui

8 O que fazer com o resto dos produtos?

A caixa de coisas para guardar já está vazia, logo, falta-nos saber o que fazer com os produtos novos/nunca usados e os que simplesmente ficaram de parte no último passo de “triagem”. A primeira coisa a fazer seria deixarem as vossas amigas/família darem uma olhada para ver se querem alguma coisa – doar ou vender-lhes, fica ao vosso critério. O que sobrar podem vender no Olx [explico-vos como o fazer passo a passo aqui] ou sites semelhantes, em grupos de facebook ou colocar no vosso facebook próprio à venda – não esquecer de colocar detalhes do produto, principalmente, se não for novo e ter em atenção se o produto está em condições para vender.

9 As regras de Ouro para o futuro!

Aqui é onde começam a vossa jornada para diminuir e abafar o vício:

  1. Acabar todos os produtos que têm!
  2. Apenas comprar um produto novo quando já não tiverem nenhum dessa categoria → Não comprar duplicados!
  3. Não cair em promoções, compras de grupo ou “oh, é só desta vez”.
  4. Não precisam, Não compram.

Diria que estas são mesmo as principais ideias a seguir para conseguirem chegar ao vosso objetivo. Claro que vai ser difícil e talvez até não consigam livrar-se de tudo o que deviam à primeira, por isso, podem ir fazendo este “ritual” todos os meses ou de 2 em 2 meses até conseguirem encontrar um equilíbrio.

Alguém já a começar a destralhar? 🙂

7 Dicas simples para Poupar em Compras 💸

Se pensarem bem passar a vida a comprar é desnecessário, principalmente, quando isso aumenta o nosso ser interior consumista. Há pouco tempo, fiz uma post sobre como comprar de forma mais consciente e, desta vez, trago-vos algumas dicas para poupar em caso de compras ↓

1 Não cair na tentação das promoções: Só porque está em promoção, não quer dizer que estejas a precisar. Só porque está a um bom preço para o artigo que é, não quer dizer que tenhas que comprar porque “um dia” vai dar jeito. É fácil pensar que nesse caso estamos a fazer uma boa decisão, no entanto, muitas vezes, é mais uma compra por impulso. Pensem duas vezes antes de comprar!

2 Reaproveitar o que já temos: Precisas de um vaso novo: porque não vês se tens alguma vela a acabar e aproveitas o copinho? Precisas de um sítio para guardar os teus elásticos: porque não vês se tens alguma caixa de cotonetes [exemplo!] para reaproveitar? É muito fácil dizer que precisamos e ir logo comprar, mas, muitas vezes, com um bocadinho de imaginação conseguimos reutilizar o que já temos e fazer algo único.

3 Não importa se os portes de envio são grátis: As lojas online enganam-nos bem, não é? 😉 Ver estas novidades é uma forma fácil de acordar o lado consumista – para não gastar dinheiro em portes, gastamos dinheiro em compras. Têm que pensar nos dois lados da moeda – a compra vai ser assim tão útil?

4 Dizer não a duplicados: “Ah mas eu queria mesmo experimentar esta nova marca, dizem que é mesmo boa!” Pois eu sei, é assim que se convencem que devem comprar ❌ Se já têm um produto em casa, não precisam de outro que faça a mesma função: devem deixar esse acabar antes de comprar outro de forma a não acumular.

5 Não participar em trocas que não são úteis: De certeza que algumas/uns de vocês utilizam sites de vendas e trocas. No caso de trocas, podem até não ter de pagar nada a mais pelo produto, mas, normalmente, têm de pagar os portes para envio. Conclusão: o artigo acaba por vos custar dinheiro. Muitas vezes, é apenas a excitação de podermos fazer o negócio ou trocar algo que já temos que nos leva a fazê-lo e não mesmo a necessidade de ter o que vem em troca.

6 Fazer uma lista do que preciso e procurar promoções: Contradiz o ponto 1? Calma, esta faz sentido! Fazer uma lista do que precisam vai ajudar-vos a fazer comprar mais objetivas e menos desnecessárias, ou seja, não gastam dinheiro no que não precisam. Caso consigam ir à caça das promoções e encontrar, ótimo! MAS têm de ser necessário!

7 Diminuir as visitas ao shopping: Esta nem preciso de explicar , principalmente, se não conseguem ir a um shopping sem trazer algo convosco.

Têm alguma dica a acrescentar? 🙂