Exercício físico | 4 Coisas que estás a fazer Mal! 🏋️

Olá 🙂

Como sabem gosto de fazer exercício e tenho a certeza que há muita gente desse lado no mesmo barco que eu 😉 De acordo com os meus “objetivos” e à medida que fui pesquisando e sabendo mais do assunto [não, não sou nenhuma pró], apercebi-me de alguns erros que fazia e que, no geral, normalmente, fazemos e nem nos apercebemos. Com certeza que há mais coisas que andamos a fazer errado, mas, hoje, decidi salientar apenas algumas mais comuns e que talvez vos ajudem.

1. Respirar

Bem, acho que é claro que não deixamos de respirar ao fazer exercício, mas, por vezes, não respiramos de acordo com o exercício que estamos a fazer. Acabamos por ficar tão concentradas/os que não deixamos o corpo acompanhar o exercício com a respiração, o que cria um desequilíbrio no nosso corpo e nos provoca tonturas. Sim, é daqui que provavelmente vêm essas tonturas 😉

2. Posição

Ao contrário do que possa parecer e, muitas vezes, vemos fazer, não é só ver um vídeo, imitar e o exercício está feito. Muitas das dores que podem sentir depois de fazerem desporto podem dever-se a uma má postura! Devemos tentar corrigir a nossa postura, não só para que o exercício em si seja eficaz e atue no sítio certo, mas também para não nos magoarmos. Um exemplo simples: squats – não é simplesmente um agachamento; devemos, por exemplo, ter em atenção a posição das nossas costas e pescoço, até que posição vão os nossos joelhos e onde estão a concentrar a maior parte do peso no pé. Um bocadinho mais complexo do que parece, não é? 😉

Se não estão a sentir o exercício na zona que deviam, talvez devam pesquisar e analisar a vossa postura. Não se esqueçam que depois cada um se adapta de acordo com o seu corpo.

3. Concentrar o exercício na zona a treinar

 Em seguimento com o ponto anterior, este também é muito importante. Várias vezes fazia exercício para os glúteos e sentia-os nas minhas pernas, o que, se pensarem bem, não pode estar muito certo. Sim, o exercício em si acaba por também trabalhar as pernas, mas não devia doer mais no glúteo? Sim! E se não acontece é porque talvez estejam a fazer algo errado, como eu estava.

É importante concentrarmos o exercício no músculo/zona que estamos a querer trabalhar e isso também tem muito a ver com postura. Mais uma vez, encontrem a posição certa e adaptem-na de acordo com o que funciona melhor para vocês e o vosso corpo. [Sim, funciona!]

4. Squeeze your butt

Um bocadinho mais focada em exercício para glúteos vem esta dica: mais uma vez, uma coisa tão simples e importante que acaba esquecido – contrair os glúteos durante o exercício (na altura apropriada, claro) para ativar o músculo!

Têm feito alguma asneira destas? 😉 Não se esqueçam também de beber muita água para compensar as perdas durante o exercício físico!

Capas para Telemóvel que Não são para iphone! 📱

Olá 🙂

Tal como prometido, hoje, trago-vos algumas capas que não são para iphone! [Post com capas para iphone aqui] A maior parte das capas que vemos disponíveis nas lojas e que têm grande variedade de padrões e estilos são para iphone, o que torna a coisa mais chata para quem quer encontrar uma capa assim para o seu telemóvel. No entanto, só temos que saber procurar melhor e acreditem que acabam por encontrar! Por vezes, as capas não têm preços assim tão acessíveis, por isso, o meu conselho é que pesquisem online em sites como o Ebay: é de onde mando vir as minhas capas e tenho ficado sempre satisfeita.

[Nenhuma das fotografias é da minha autoria, fonte nos links abaixo]

Para saber mais sobre loja e preço basta passarem o rato sobre as imagens 🙂

1 • Samsung Galaxy 6 | 2 • Iphone e Samsung | 3 • Huawei P9 Lite | 4 • Samsung Galaxy 7 |   5 •  Samsung e HTC | 6 • Sony Xperia

Deixo-vos sugestões de capas para diferentes telemóveis e onde tem o nome da marca na legenda significa que ao abrirem encontram a capa para outros modelos de telemóvel ou até outras capas. Para além disso, têm também uma bolsinha onde podem levar o telemóvel, cartões e dinheiro que dá sempre jeito para uma saída rápida 😉

Guia Completo para Vender no Olx! 🛒

Já várias vezes referi aqui que a venda de coisas que já não queiram e que estão em bom estado pelo Olx é uma ótima alternativa, tendo milhentas vantagens, incluindo ganhar dinheiro extra, não deitar as coisas fora ou acumulá-las em casa e não as colocar numa pilha para doação que vai acabar por nunca ser entregue. Se costumam visitar o blog podem ver que há aqui um seguimento com posts anteriores: fazer um declutter ao armário e à maquilhagem e produtos de beleza. Em ambos estes posts dou-vos a dica de venderem algumas das coisas que já não precisam pelo Olx. Como muita gente me pergunta como faço, se é difícil, se é pago (…) e afins, decidi juntar alguns passos e dicas num guia para venderem as vossas coisas online 🙂

1. Escolher os artigos: Primeiro de tudo, saber e escolher o que temos para vender. Com certeza que já têm algumas coisas em mente, mas o melhor mesmo é darem uma arrumadela pelas vossas coisas e juntarem tudo o que querem vender. Dou-vos dicas para o fazerem nos dois posts de que falei acima.

2. Fotografias: Convém que os vossos anúncios tenham fotografias dos produtos, claro, e não precisam de ser profissionais. Basta arranjarem um sítio com boa luz onde possam expor bem as peças/produtos e, visto que hoje em dia a maior parte dos telemóveis tem boas câmaras, podem perfeitamente usar a câmara do telemóvel. Estas devem representar ao máximo o que querem vender e os seus detalhes, por isso, devem tirar, pelo menos, fotografia às partes da frente e trás da peça/produto, etiqueta/marca e a algum defeito que tenha, bem como ao padrão, se for o caso. Claro que dependendo do produto, há coisas diferentes a mostrar.

3. Criar conta no Olx: É muito simples: têm que colocar algumas informações vossas, incluindo email, nome e localização. Tentem escolher um email que costumem visitar com frequência porque é nele que irão receber notificações de mensagens/interessados ou da expiração dos anúncios. Para além disso, não podem ter mais do que uma conta [ou, pelo menos, associada ao mesmo email].

4. Criar anúncio: Depois de entrarem na vossa conta, basta clicar em “Anunciar e Vender” para aceder à página onde vão criar o anúncio em questão. Têm de preencher:

  1. Título: Curto e sugestivo de preferência, com nome do que estão a vender, tamanho (se for o caso) e marca. Podem também colocar “Novo” se o produto o for ou se já tem portes incluídos.
  2. Categoria: o Olx tem várias onde se podem enquadrar as vossas vendas. De acordo com a categoria escolhida, vai dar-vos opções de coisas para preencher (Tamanho, marca, tipo), incluindo [sempre] o preço.
  3. Descrição: Que não seja muito longa e que tenha toda a informação possível do produto (preço, se inclui portes, tamanho, marca, defeito, marcas de uso, se é novo ou não, se está estragado). Sejam o mais sinceras/os possível!
  4. Imagens: as que vos falei acima.
  5. Dados de contacto do anunciante: Localização, nome, email e número de telemóvel. Este último apenas preenchem se quiserem.

vender olx

Depois de pronto, clicam em “Seguinte” e vai aparecer-vos uma página que vos dá a possibilidade de pagarem para o vosso anúncio estar mais tempo em destaque/nas primeiras páginas, de forma a ter mais visibilidade. Caso não queiram, basta clicar em cancelar e o vosso anúncio vai ser publicado sem que tenham de pagar nada!

5. Manutenção: Depois de terem tudo à venda, o Olx vai notificar-vos caso alguém vos envie uma mensagem em relação a algum artigo vosso e podem falar com a pessoa através de um sistema de mensagem que podem ver na vossa conta. Para além disso, os anúncios ficam cerca de um mês online (se não me engano) e, ao fim desse tempo, têm que os renovar para serem de novo visíveis, caso contrário vão expirar. Isto faz-se de forma muito simples: qualquer anúncio próximo da data de expirar vai ter um sinal azul “Prolongar” abaixo do seu nome onde devem clicar [também recebem notificações por email].

6. Pagamento: Podem resolver este assunto da forma que vos der mais jeito ou que considerarem melhor. No meu caso e o que aconselho, é que recebam o pagamento antes do envio para terem garantia de que não vão ser burladas/os. Claro que a pessoa que está a comprar também tem medo de correr esse risco, mas uma vez que somos nós a vender os nossos artigos temos de criar as nossas regras. Em relação a métodos de pagamento, o mais fácil e comum é a transferência bancária (basta darem o vosso nib e ver quando o dinheiro cai na vossa conta), mas também podem usar o Paypal, por exemplo.

7. Envio: A entrega em mãos é sempre uma opção, mas é algo em que têm de ter cuidado, pois não sabem quem está do outro lado. Em alternativa [e o que aconselho mesmo!], o mais fácil é o envio via ctt: basta pesarem os artigos a enviar e, de acordo com o peso, verem o preço dos portes. Os ctt oferecem vários tipos de envio com diferentes tempos de entrega e preços que podem consultar aqui. Os correios normal e azul são muito usados: a entrega é até 3 dias úteis e 1 dia útil, respetivamente, e os preços são os mais baixos e não dependem da zona de Portugal para onde vão enviar. Por correio registado fica um pouco mais caro, mas têm um código que vos permite seguir a encomenda de forma a não haver extravio. De qualquer forma, nos dois primeiros de que falei, se algo ocorrer, normalmente, a encomenda volta para vossa casa.

7.1. Como “embalar”: Simples! Não precisam de nenhum package fancy. Se têm envelopes onde caiba o que querem enviar, ótimo; caso contrário, no caso de roupas e afins, basta colocarem numa saca de plástico (por exemplo, daquelas das lojas), fecharem bem com fita-cola e colar dois papéis com as moradas (um com o “De” e outro com “Para”).

Bem, um post demasiado longo, mas onde vos explico tudinho. Podem ver o meu Olx aqui. Qualquer dúvida que não tenha cobrido no post é só comentarem 🙂 Já usam o Olx?

Looks | A Primavera quer vir mais cedo? 🌸

Olá 🙂

Nestas últimas semanas, o tempo tem andado confuso, mas o que é certo é que parece que a Primavera quer voltar mais cedo e não, eu não estou nem vou reclamar 😉 Se há coisa que eu adoro é poder deixar os casacos e as layers para voltar à roupa fresquinha e à fotossíntese a toda a hora. E já não falta assim tanto para isso acontecer! [espero]

Hoje, decidi trazer-vos três looks com vestidos para começarem a preparar e entrar no mood dos dias mais quentes. Confesso que por alguma razão foi difícil fugir dos vestidos pretos, afinal são “sempre” bonitos e ficam bem com tudo, mas tive que deixar, pelo menos, um! Este metro e meio torna a escolha de vestidos um bocadiinho mais difícil porque, já não basta ser esquisita, que ainda tenho que tentar não parecer mais baixa. Mais alguém se junta ao clube? Vamos rezar por mais vestido no armário, vá!

Bem, como a escolha, desta vez, foi para vocês, fui escolhendo o que queria e bem me apetecia para tornar os looks diferentes e fresquinhos e, a partir daqui, fica ao vosso cargo como se querem aperaltar com eles 😉 Vamos lá!

[Nenhuma das imagens é da minha autoria e os links das fontes estão abaixo]

Se passarem com o rato sobre as imagens podem ver o preço das peças e a loja 🙂

• Outfit 1 •

Vestido 12.99€ | Botins 19.95€ | Mala 15.95€ | Relógio 8€

• Outfit 2 •

Vestido 9.59€ | Ténis 29.95€ | Mala 25.95€ | Óculos 9.95€

• Outfit 3 •

Vestido 25.99€ | Sandálias 29.99€ | Mala 17.95€ | Anéis 7.99€

Com estes looks podem fazer muitos outros, aproveitar coisas que têm em casa ou até arranjar peças/acessórios muito parecidos e mais baratos [confesso que não olhei a €].

Qual é o vosso favorito? 🙂

Declutter e Organização de Produtos Beleza e Maquilhagem 💄

Se têm seguido o blog lembram-se que fiz um post sobre fazer um declutter grande ao meu armário e deixei algumas dicas e passos para fazerem o mesmo de forma eficiente [aqui]. Tal como andava mortinha por arrumar o armário, cómoda e afins, a casa de banho não se livrou de uma arrumação também, ou seja, os produtos de beleza e maquilhagem. O verdadeiro declutter destes produtos já tinha sido feito há muito tempo, desta vez só precisava de uma mãozinha para pôr tudo organizado e limpo.

Tal como disse no outro post, acho que cada vez mais nos tornámos acumuladores sem até darmos por ela, o que, na minha opinião, é algo desnecessário. Foi até ao mudar de um apartamento para uma casa e ver que o que cabia num espaço pequeno acabou por encher à mesma um espaço bem maior que fiquei um bocado “assustada” com a situação e tenho vindo a pensar nisso [sim, porque já me mudei há uns anos]. Determinada a não ter coisas a mais, duplicados e artigos desnecessários a ocupar espaço espaço este que não tenho comecei o ano a fazer um declutter geral e agora venho partilhar convosco as minhas dicas para se livrarem, arrumarem e organizarem os vossos produtos de beleza e maquilhagem de uma forma simples 🙂

1. Tirar tudo do armário/gavetas e Limpar

Para estas coisas o melhor é sempre começar por tirar tudo do sítio para podermos mexer à vontade e ter uma melhor perceção visual das coisas. Normalmente, os armários ganham pó e sujidade por si, mas como tenho estes produtos guardados num que fica mesmo abaixo do lavatório os cabelos juntam-se à festa. Então o melhor mesmo é começar por limpar tanto o armário, como os produtos que tenham.

> Dica: Forrem o vosso armário com plástico (ou semelhante) para evitar que algum produto que caia o estrague. Eu uso este do IKEA que é muito resistente e bom para isso.

2. Prazo de validade

Muita gente se esquece, mas, sim, os produtos de beleza também têm um prazo de validade e esse é o primeiro passo para nos livrarmos de alguns. Tenho a certeza que têm coisas há anos que com certeza já estão fora do prazo, o que pode até causar-vos reações alérgicas, por isso, essas já têm um bom destino -> lixo!

Truque: Alguns produtos de beleza começam a ficar com mau cheiro quando já não estão bons.

[Nenhuma das imagens é da minha autoria, links abaixo]

organizadores-de-maquilhagem

  1. Dragan | IKEA | 12.99€ | aqui
  2. Kuggis | IKEA | 6.99€ | aqui
  3. Godmorgon | IKEA | 14.99€ | aqui
  4. Godmorgon | IKEA | 9.99€ | aqui
  5. Organizador de maquilhagem | Primark | 3€ | aqui
  6. Organizador de maquilhagem | Primark | 4€ | aqui
  7. Billingen | IKEA | 1.25€ | aqui
  8. Samla | IKEA | 3.50€ | aqui

3. Duplicados

Livrar-nos de duplicados é o passo a seguir. Se têm duplicados ou produtos semelhantes acabam por não dar bom uso a nenhum deles, por isso, o meu conselho é que escolham um e coloquem os restantes numa pilha. Se alguns já não estiverem bons vão para o lixo; o resto podem dar às vossas amigas/família ou até, se forem produtos novos, podem vender.

> Dica: Por exemplo, se tiverem dois tónicos, mas souberem que assim que um acabar vão usar o outro [se calhar até o têm com esse objetivo mesmo] não precisam de se livrar dele, claro! Façam um pilha com esses produtos e coloquem-nos à parte para mais tarde arrumar. Não vale fazer o mesmo para o caso de terem 4 ou 5 “tónicos” 😉

4. Organizar por categoria e Arrumar

A forma mais fácil de organizar estes produtos é por categorias para sabermos sempre onde estão as coisas e podermos voltar a pô-las no sítio correto, evitando criar de novo uma confusão. Aqui depende muito da quantidade e variedade de coisas que têm, mas deixo-vos alguns exemplos de categorias gerais: produtos de cuidados de pele [rosto + corpo], produtos de cabelo, maquilhagem [dividida nas suas categorias se necessário] e unhas. A arrumação depende muito do que vos dá mais jeito, do tipo de armário/gavetas que têm e do vosso gosto, mas na imagem acima deixo-vos vários compartimentos que podem usar para este fim.

5. Por último e não menos importante: Tu!

Agora é a hora de continuarem o bom trabalho que fizeram e não voltar a comprar tudo de novo, certo? Na minha opinião, devem comprar algo que não tenham e que sabem que vão mesmo usar ou algo para substituir um produto que está a acabar, ou seja, pensar muito bem antes de comprar algo.

Começar a ter menos só nos faz ganhar mais, concordam? 🙂

 

Capas para o Iphone 📲

Olá 🙂

Muitas vezes se ouve aqui e ali alguém a dizer que precisa de uma capa para o telemóvel e não tem, não arranja, são caras, não são boas (…); por outro lado, também se ouve o “o meu telemóvel tem mais roupa que eu” dito pelas meninas que são “viciadas” por capas fofinhas. A verdade é que muitos/as de nós gosta de ter, pelo menos, uma capa fofinha para o telemóvel e cada um decide o que quer vestir ao seu. Se não há o que vestir, basta continuarem a ler o post 😉

Visto que as capas para o iphone são as que mais facilmente se encontram nas lojas, hoje, venho trazer-vos algumas sugestões. No entanto, se não têm um iphone não entrem já em pânico porque em breve temos por aqui um post com capas para telemóveis de outras marcas.

[Nenhuma das imagens é da minha autoria e basta clicar nos links abaixo para aceder à fonte]

1 | 2 | 35 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10

Tentei escolher capas que dessem para todos os gostos e diferentes modelos. Apaixonadas por alguma? 😉

O que me Motiva a Fazer Exercício?

Olá 🙂

Já fiz um post com várias razões para fazermos exercício e até um com alguns outfits para nos motivar a ir treinar, no entanto, nunca falei sobre o que me motiva. Não sou a pessoa mais fit que vão conhecer, de longe, mas gosto muito de fazer exercício e acho que só nos traz benefícios física e psicologicamente. Costumo treinar, pelo menos, uma vez por semana – ao fim de semana -, mas se conseguir ainda me ponho a mexer durante a semana. O que muita gente me pergunta é como é que consigo querer levantar-me ao domingo, muitas vezes cedo, para ir fazer desporto. Sim, normalmente, vou logo de manhã com o meu pai dar uma pedalada e, a seguir, faço o meu workout aqui por casa. Então, aqui ficam algumas das razões que me levam a querer fazer exercício e que talvez vos inspire a fazê-lo também:

motivacao-exercicio-fisico

◊ Faz bem à saúde

Cliché, mas é mesmo verdade e a mais óbvia de todas, por isso, mais vale deixar aqui a nota no início e seguir em frente. Já que estamos todos fartos de ouvir sobre isto não vos vou maçar e deixo aqui um post com 28 benefícios do exercício físico para a saúde.

◊ Faz-me sentir bem

Por mais que muita gente o diga e pareça cliché, fazer exercício faz-me mesmo sentir bem, seja sentir-me bem comigo fisicamente, como psicologicamente. Puxar por nós próprios e suar toda a porcaria que nos vai pela mente só nos faz bem, principalmente se acompanhado com o físico. Esta é uma das coisas que me faz sair da cama/sofá para ir treinar: pensar que, mesmo que naquela altura esteja confortável demais e que custe a começar, vou acabar o treino a sentir-me bem, com o sentimento de “dever cumprido” e um alívio enorme, acreditem!

◊ Testar-me

Quer seja pela determinação em levantar-me para treinar ou para tentar fazer algo mais ou melhor. Esta é também uma forma de nos desafiarmos e testar/melhorar algumas coisas em nós e quer a decisão seja ir ao ginásio, fazer uma caminhada ou um set maior, se o conseguirem fazer e superar os vossos objetivos isso vai acrescentar muito ao vosso dia.

◊ Determinação

Se me perguntaram como consigo continuar a fazer exercício ou acordar ao domingo de manhã para tal, a minha resposta acaba por ir dar sempre ao mesmo: determinação. Sim, eu gosto, mas ter determinação também me leva a, naquelas manhãs em que me apetece ficar na cama, lembrar-me que se eu for fazer exercício me vou sentir bem.

◊ Objetivos

É claro que se tiverem determinados objetivos em relação ao vosso corpo, o exercício físico vai ser um grande aliado e sem ele torna-se mais difícil. Não que eu seja muito exigente em relação a esta parte, mas claro que ajuda, nem que seja a tonificar e manter a forma, o que será sempre um bónus.

E aqui têm algumas das coisas que me motivam a continuar a fazer exercício 🙂 Qual é o vosso incentivo?