Dicas e Truques para fazer depilação com cera roll-on em casa

A minha mãe sempre me disse que para uma mulher ficar bonita tem que sofrer e assim que fiz depilação pela primeira vez percebi isso. Calma! Não dói assim tanto, mas a primeira vez custa mais e, a partir daí, é sempre a diminuir até fazermos a depilação como se de nada se tratasse.

Sempre odiei pêlos (e fui logo abençoada com milhões!) e meia dúzia de pelinhos já me tiravam do sério. Não estou sozinha, certo? No entanto, desde que faço depilação nas pernas, apenas fui uma vez à esteticista e, a partir daí, sempre fiz em casa até, felizmente, ter tido a oportunidade de fazer depilação a laser.

A depilação feita em casa traz-nos muitas vantagens e não é diferente de ir à esteticista, desde que saibamos o que estamos a fazer. Para além de pouparmos bastante dinheiro, poupamos também tempo, podemos fazer a depilação a nós próprias, não temos de nos deslocar a outro sítio e não precisamos de andar aflitas com marcações. E é daqui que passamos para as dicas que tenho para vos dar 🙂

◊ Material

material

 Tudo o que é necessário está na imagem acima e pode ser encontrado em qualquer loja de estética perto de vocês. Cada recarga não custa mais do que 2€ e para mim era suficiente para fazer a depilação nas duas pernas e ainda sobrava. O rolo de papel chega e sobra para anos (acreditem!), ele é bem maior do que o da imagem.

Aconselho a visitarem a Pluricosmética (aqui) que está agora com ótimas promoções.

◊ Tipo de cera 

cera

Se pesquisarem um bocadinho podem ver que há mil tipos de cera que podem utilizar. O que aconselho é utilizarem para a primeira vez a cera normal e depois irem experimentando outras para ver qual gostam mais. Se já há algum tipo de cera que preferem ou que seja indicada para a vossa pele têm o problema resolvido.

◊ Antes de começar

O primeiro passo é colocarem a cera a derreter, pelo menos, 1h antes de fazerem a depilação para ficar bem derretida. Caso contrário, como a cera ainda vai estar um pouco viscosa, ao deslizar sobre a perna pode puxar alguns pêlos e ser doloroso. Enquanto isso, antes da depilação é aconselhado lavar ou, pelo menos, limpar a zona a depilar para retirar resíduos de cremes, óleos corporais ou sujidade.

Para além disso, para as bandas, se necessário, cortar tiras do rolo do tamanho de um palmo. Aconselho também a utilizarem uma toalha velha para colocar por baixo de vocês e não estragar o chão com cera.

◊ Aplicação

Visto que estamos a utilizar roll-on apenas é necessário deslizá-lo pela perna, super simples. Mas calma que isto tem técnica! Ao colocar a cera devemos deslizar no sentido do crescimento dos pêlos, ou seja, se tivermos a maioria dos pêlos virados para baixo temos de deslizar o roll-on de cima para baixo.

Uma camada fina, geralmente, é o suficiente para fazer um bom trabalho. Caso algumas zonas estejam mais finas/sem cera basta passar outra camada de cera sem qualquer problema.

◊ Retirar

Sim, eu sei, dói, mas tem de ser feito. Basta colocar a banda numa parte da cera aplicada na pele e retirá-la no sentido oposto ao do crescimento dos pêlos. Ou seja, no sentido oposto ao da aplicação da cera: se os pêlos estiverem para baixo, retira-se a banda de baixo para cima. O movimento tem de ser feito de formar rápida e o mais perto da pele possível, será menos doloroso e não quebra o pêlo.

Truque: Caso pretendam fazer sozinhas é uma questão de força mental. O mais fácil é começar por retirar bocadinhos pequeninos e ir aumentando essa área. Contar até 3 e retirar de uma vez só (se não vai dar asneira) e, à medida que vão tentando, vão-se habituando e melhorando a técnica.

◊ E a parte detrás das pernas?

Digamos que agora é uma questão de ter ajuda ou fazer ginástica 😉 Para fazer sozinha ajuda termos um espelho para ver onde estamos a colocar a cera e de onde estamos a retirar. Para além disso, antes de começar a depilação nessas zonas, ajuda ver para que lado estão a crescer os pêlos e qual a posição que nos permite maior liberdade de movimentos para retirar melhor a banda e de forma rápida. Como cada caso é um caso, com a experiência irão aperceber-se do que funciona melhor para vocês.

◊ Os sobreviventes

Para os pêlos que ainda resistem pode ser aplicada outra camada de cera na tentativa de os retirar. Caso isso não funcione, não devemos repetir, pois vamos expor cada vez mais a pele à medida que retiramos a cera. Neste ponto, devemos apenas utilizar a pinça.

◊ Áreas mais sensíveis

FotorCreated

A aplicação é feita segundo o mesmo método (exceto no buço que será para os lados), mas, para ser sincera, não gosto muito de fazer a depilação nestas zonas com o roll-on. São zonas muito sensíveis e que facilmente podemos magoar. Cada vez que o fiz notei uma vermelhidão um bocadinho maior do que o normal e a zona mais sensível. No entanto, podem fazer sem qualquer problema desde que tenham bastante cuidado.

Como podem ver na imagem existem recargas com uma saída de cera mais fina de forma a podermos utilizar no buço, por exemplo.

Dica: Após a depilação destas zonas, não devemos colocar-nos imediatamente ao sol para evitar ficar com manchas. Para além disso, deve sempre colocar-se protector solar.

◊ Pós depilação

Também nas lojas de estética, podem encontrar um óleo que vos vai retirar todos os bocadinhos de cera que ficaram agarrados à pele. É importante, uma vez que a pele está muito sensível, apenas colocar produtos à base de substâncias calmantes, não utilizar roupas muito ásperas e apertadas, evitar colocar cremes hidratantes, óleos, esfoliantes e substâncias à base de álcool ou ácidas. Aqui aconselho o uso de um óleo/spray de rosa mosqueta para acalmar a pele ou mesmo água fria.

◊ O lixo

Os produtos que usamos durante a depilação não são reutilizáveis e, por isso, devemos deitar ao lixo as bandas e recargas de cera utilizadas para evitar a contaminação por bactérias.

◊ Manutenção

O mais difícil já passou, mas agora é preciso manter a pele hidratada depois do choque que levou. É aqui que entramos em ação com uma hidratação diária e esfoliação semanal (aconselho eu).

 

◊ Atenção: Por mais que não gostemos dos pêlos, não devemos fazer depilação com bastante frequência, uma vez que podemos cansar a pele e expô-la demasiado.

Peço desculpa por um post tão gigante, mas são estas as principais e melhores dicas que vos posso dar, tendo em conta a minha experiência 🙂

Caso queiram tentar, contem aqui a vossa experiência e don’t worry, apanham-lhe o jeito num instante! 😉

Advertisements

One thought on “Dicas e Truques para fazer depilação com cera roll-on em casa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s